Geral

Bolsonaro autoriza atuação de PMs e bombeiros em escolas cívico-militares

O presidente Jair Bolsonaro autorizou a atuação de policiais militares e bombeiros da ativa nas chamadas escolas cívico-militares de educação básica do País. A decisão consta de decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 25, e vale tanto para escolas estaduais, quanto as municipais e do Distrito Federal.

A medida é um primeiro passo para a implantação escolas cívico-militares em regiões mais carentes do País, uma promessa de campanha do presidente. A intenção do Ministério da Educação é criar 108 unidades desse tipo até 2023, o que custará R$ 40 milhões anuais.

Pelo decreto presidencial, esses profissionais também poderão atuar em unidades de conservação ambiental e em órgãos do Poder Legislativo federal, estadual, distrital ou municipal.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?