Política

Bolsonaro apresenta febre, mas alta no fim de semana está mantida

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, teve elevação de temperatura nesta sexta-feira, 28. Ele teve 37,8ºC e não apresentou outros sintomas de infecção, de acordo com boletim divulgado no início da tarde desta sexta-feira, 28, pelo Hospital Albert Einstein.

O documento informa que foram realizados exames laboratoriais, no sangue e na urina. Foi observado, ainda, o crescimento de uma bactéria “de baixa virulência” no sangue e o candidato está sendo tratado com antibióticos. Não há infecção no abdome.

“O paciente mantém-se sem picos febris, sem alterações nos exames de imagem e com boa evolução clínica. Persiste com alimentação por via oral e, mantidas as condições clínicas atuais, há programação de alta para este final de semana”, informa o boletim.

A nota é assinada pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, pelo cardiologista Leandro Echenique e por Miguel Cendoroglo, diretor superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 por Adelio Bispo de Oliveira durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Ele foi atendido inicialmente na Santa Casa da cidade, onde foi operado. O deputado foi submetido a um procedimento chamado de colostomia, em que uma bolsa externa passa a coletar as fezes. No dia seguinte, foi transferido para São Paulo, onde está internado desde então.