Política

Bolsonaro acena com diálogo a parlamentares

Em entrevista à TV Record veiculada na noite desta segunda-feira, dia 1º, o presidente Jair Bolsonaro negou que esteja fechado ao diálogo com o Congresso e afirmou que, agora, a interlocução com os parlamentares acontecerá “com mais intensidade”. “Muitos acham que estou fazendo pouco. Vamos agora deixar pelo menos meio dia de minha agenda no Brasil para atender deputados e senadores”, declarou o presidente.

Em relação à tramitação do projeto de reforma da Previdência, Bolsonaro voltou a afirmar que já “passou a bola” para o Legislativo, que, agora, tem a prerrogativa para avaliar possíveis alterações no projeto, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria rural. “O Parlamento é muito importante para aperfeiçoar essa proposta. Não pode é ficar sem votar, porque daí o Brasil perde como um todo.”

As declarações de Bolsonaro ocorrem após desentendimentos entre ele e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Descontente com a falta de interlocução com o governo, Maia ameaçou deixar a articulação da reforma da Previdência. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago