Geral

Bolsoanro volta a criticar ‘indústria da multa’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar em transmissão pelas redes sociais o que chamou de “indústria da multa” dos radares em rodovias federais.

O presidente relacionou a determinação dele de cancelar a instalação de novos radares à queda no número de acidentes e mortes no feriadão da Páscoa.

“Tomamos uma decisão, junto com o ministro Tarcísio (Gomes de Freitas, da Infraestrutura) de não mais aceitarmos a proliferação de radares do Brasil. Isso era um caça-níquel, uma indústria da multagem. Conversei com o Tarcísio e vamos botar um fim de forma drástica nesta indústria da multa”, afirmou.

Na transmissão, o presidente recebeu ainda o secretário da Pesca, Jorge Seif Júnior. Ao comentar irregularidades na concessão de seguro-defeso, Bolsonaro disse que é preciso ter “obrigação de zelar pelo dinheiro público”.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança