Finanças

Bolsas europeias operam majoritariamente em baixa após decepção com PMIs

As bolsas europeias operam majoritariamente em baixa na manhã desta quinta-feira, na esteira de indicadores de atividade piores do que o esperado da zona do euro e do setor manufatureiro da Alemanha. A forte reação de baixa do euro a esses dados, no entanto, está aparentemente dando sustentação a alguns mercados da região.

Mais cedo, a IHS Markit revelou que o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 51,6 em março para 51,3 em abril, atingindo o menor nível em três meses. Analistas previam estabilidade do índice, a 51,6.

Antes disso, foi divulgado que o PMI industrial da Alemanha subiu para 44,5 em abril, mas o número não apenas abaixo da expectativa como marcou contração na manufatura da maior economia europeia pelo quarto mês seguido.

Em reação aos PMIs, o euro atingiu mínimas em uma semana, chegando a ser negociado a US$ 1,1243. Às 7h35 (de Brasília), a moeda única havia reduzido perdas e era cotada a US$ 1,1252, ante US$ 1,1302 no fim da tarde de ontem.

No Reino Unido, por outro lado, o setor varejista surpreendeu positivamente com alta de 1,1% nas vendas de março ante fevereiro. A projeção dos economistas era de queda de 0,7% nas vendas.

Investidores na Europa continuam atentos à temporada de balanços nos EUA, mas aguardam também os resultados de grandes bancos europeus, que começarão a ser divulgados na próxima semana.

A liquidez hoje tende a ser menor antes dos feriados dos próximos dias, que manterão os mercados europeus fechados até segunda-feira (22).

Às 7h35 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,08%, a de Milão recuava 0,19%, a de Madri cedia 0,15% e a Lisboa perdia 0,17%. Já o mercado de Frankfurt subia 0,57% e o de Paris avançava 0,32%, possivelmente ajudados pela fraqueza do euro após os PMIs. Com informações da Dow Jones Newswires.

Tópicos

bolsas Europa manhã