Finanças

Bolsas de NY fecham em alta após três quedas consecutivas

As bolsas de Nova York terminaram o dia em alta nesta quarta-feira, 4, recuperando as perdas dos três últimos pregões em queda. O bom humor dos investidores reacendeu diante das notícias, logo cedo, sobre as negociações comerciais entre Estados Unidos e China, que estariam mais perto de um acordo preliminar.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,53%, em 27.649,78 pontos, o Nasdaq avançou 0,54%, a 8.566,67 pontos, e o S&P 500 teve alta de 0,63%, a 3.112,76 pontos.

Os mercados continuam a responder às notícias sobre a guerra comercial entre EUA e China. Contrariando o desânimo do dia anterior, com falas do presidente americano, Donald Trump, sugerindo que o acordo “fase 1” entre as nações poderia se estender ainda mais, a Bloomberg reportou que as duas maiores potências mundiais estariam perto de fechar o pacto preliminar.

“O progresso sugerido nas relações comerciais EUA-China faz com que o mercado recupere o otimismo. Segundo relatos, os EUA e a China estão se aproximando de um acordo sobre a quantidade de tarifas que seriam revertidas para fechamento do acordo comercial, apesar da legislação sobre Hong Kong assinada pelo presidente Trump”, avalia relatório da Stifel.

Além disso, os contratos de petróleo tiveram ganhos fortes, monitorando a reunião desta semana entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, grupo conhecido como Opep+. Os preços da commodity subiram, valorizando ações do setor de energia. Destaque para os papéis da ConocoPhillips, que subiram 2,95%, e da Exxon Mobil, que valorizaram 1,13%.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?