Finanças

Bolsas da Ásia voltam a fechar majoritariamente em queda com dúvidas sobre China

As bolsas da Ásia fecharam o último pregão do mês mistas, mas majoritariamente em queda. Outra vez, a cautela foi impulsionada por dúvidas sobre a ofensiva regulatória do governo chinês, que alterou recentemente diversas regras para os setores de tecnologia e educação privada. Também há preocupações com a pandemia de covid-19, diante do avanço da variante delta.

Na China continental, o índice Xangai Composto caiu 0,4%, a 3.397,36 pontos nesta sexta-feira, 30, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,1%, a 2.385,62 pontos.

“O sentimento azedou um pouco novamente com drivers semelhantes, como no início desta semana. Nomeadamente, receios de crescimento, com variante delta, e preocupações quanto às restrições regulamentares na China”, dizem analistas do Danske Bank, em relatório enviado a clientes. “Consequentemente, a maioria dos índices de ações asiáticos (não só chineses), bem como os futuros de mercados desenvolvidos, estão no ‘vermelho’ esta manhã”, acrescentam.

Ontem, as bolsas asiáticas haviam fechado a sessão em alta, após a China agir para reduzir as preocupações do mercado com o cerco regulatório por meio de uma reunião com representantes de grandes bancos.



Também na quinta-feira, a Dow Jones Newswires informou que a empresa de tecnologia e transporte privado Didi Global considera fechar o capital para apaziguar as autoridades chinesas e compensar os investidores pelas perdas registradas desde que a companhia foi listada na Bolsa de Nova York no final de junho.

Em Hong Kong, o Hang Seng teve queda de 1,3% hoje, a 25.961,03 pontos. Em outras partes da Ásia, o Kospi encerrou a sessão com perda de 1,2% em Seul, a 3.202,32 pontos, após três sessões consecutivas de alta, enquanto o Nikkei caiu 0,8% no Japão, a 27.283,59 pontos, em meio a expectativas de que o governo japonês estenda o estado de emergência para conter a piora da pandemia, em meio à realização dos Jogos Olímpicos no país.

Na Oceania, a bolsa da Austrália também encerrou com perdas. O índice acionário S&P/ASX 200 caiu 0,3% em Sydney, a 7.392,6 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago