Finanças

Bolsas da Ásia têm sessão atípica, com feriados e problemas técnicos em Tóquio

Os mercados acionários da Ásia tiveram uma sessão atípica nesta quinta-feira, com feriados locais que fizeram vários deles não operar, inclusive Xangai. A Bolsa de Tóquio funcionaria, porém sofreu com problemas técnicos e o pregão local acabou cancelado.

Feriados fizeram com que os mercados na China, em Hong Kong, na Coreia do Sul e em Taiwan não operassem nesta quinta-feira. No Japão, a Bolsa de Tóquio não teve negócios graças um problema técnico, episódio raro, mas que segundo participantes do mercado poderia minar a confiança nessa praça.

A bolsa local informou que não haveria negócios. Mais tarde, informou que a expectativa é de retomada das operações normalmente na sexta-feira. A Bolsa de Tóquio atribuiu o episódio a problemas em um hardware envolvido na transmissão de informações sobre preços e que não tinha um backup adequado disponível. Um porta-voz do operador da bolsa, o Japan Exchange Group, disse que não havia sinais de ataque de hacker no caso.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou em alta de 0,98%, a 5.872,90 pontos, na Bolsa de Sydney recuperando-se da queda superior a 2% do pregão anterior. Todos os setores terminaram no azul no mercado australiano, com BHP em alta de 1,9% e Rio Tinto, de 1,2%. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?