Finanças

Bolsas da Ásia fecham sem sinal único, com chinesas em leve baixa com cautela

As bolsas da Ásia fecharam sem sinal único nesta quinta-feira. Algumas delas apresentaram sessões positivas, entre elas a de Tóquio, mas as praças chinesas mostraram movimentos mais discretos, à espera dos sinais da política que podem surgir no Congresso do Partido Comunista na próxima semana.

Em Tóquio, o índice Nikkei fechou em alta de 0,35%, em 20.954,72 pontos. A Bolsa de Tóquio fechou em alta pela oitava vez consecutiva e atingiu nova máxima em 21 anos, beneficiada pelo otimismo entre investidores com a perspectiva de que o primeiro-ministro Shinzo Abe consiga um resultado forte nas eleições parlamentares do Japão.

Ja na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 0,06%, em 3.386,10 pontos, e a Bolsa de Shenzhen teve queda de 0,15%, a 2.023,36 pontos. A maioria dos investidores tem mantido postura de poucos movimentos, com a cautela antes do importante congresso político da próxima semana, no qual o comando do país pode determinar algumas correções nas diretrizes econômicas ou dar novas sinalizações sobre o futuro. Papéis ligados ao aço e ao ferro se saíram bem na parte da tarde do pregão chinês, mas ações ligadas a metais estiveram entre as que recuaram.

Na Bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng fechou com ganhos de 0,24%, em 28.459,03 pontos. Ações de seguradoras ligadas à China estiveram entre os destaques hoje, com AIA e China Life ambas em alta de cerca de 1%. Tencent chegou a avançar, mas fechou em baixa de 0,4%. Já Sunac e Evergrande subiram 5% e 1,3%, respectivamente.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi subiu 0,68%, a 2.474,76 pontos, na Bolsa de Seul, na nova máxima em 27 anos. A ação da Samsung atingiu novo recorde de preço e fechou em alta de 0,3%, após a agência Fitch melhorar a recomendação para o papel.

Em Taiwan, o índice Taiex fechou em alta de 0,7%, em 10.711,44 pontos, também na nova máxima em 27 anos. A gigante fabricante de microchips TSMC atingiu novo recorde de preço e fechou com ganho de 1,9%, enquanto Largan avançou 3,5% antes de divulgar balanço relativo ao trimestre.

Na Oceania, na bolsa australiana o índice S&P/ASX 200 fechou com ganhos de 0,39%, em 5.794,50 pontos. Entre as ações mais negociadas, Australian Mines subiu 10,00% e Lynas Corp teve alta de 4,65%, mas Lepidico recuou 6,67%.