Finanças

Bolsas da Ásia fecham sem direção única, com reação contida à vacina da Moderna

Crédito: Pexels

Bolsas reagem à vacina da Moderna e a um acordo comercial envolvendo 15 economias da Ásia e do Pacífico (Crédito: Pexels)

As bolsas asiáticas fecharam mistas nesta terça-feira, 17, sem fôlego para reagir com entusiasmo à notícia de que mais uma farmacêutica, a americana Moderna, desenvolveu uma promissora vacina experimental contra a covid-19, após garantirem significativos ganhos no pregão anterior.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,42% em Tóquio hoje, a 26.014,62 pontos, atingindo o maior patamar desde maio de 1991, enquanto o Hang Seng teve ligeira alta de 0,13% em Hong Kong, a 26.415,09 pontos, e o Taiex avançou 0,30% em Taiwan, a 13.593,01 pontos, mas o sul-coreano Kospi caiu 0,15% em Seul, a 2.539,15 pontos, pressionado por ações de montadoras e tecnologia.

+ Bolsas da Europa caem, prevendo duplo mergulho da economia local antes da vacina
+ Bolsas de NY sobem com vacina da moderna

Na China continental, o dia foi de perdas. O Xangai Composto recuou 0,21%, a 3.339,90 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto se desvalorizou 0,90%, a 2.269,33 pontos.



Na manhã desta segunda-feira, a Moderna anunciou que sua possível vacina contra a covid-19 foi 94,5% eficaz na fase 3 de testes clínicos, notícia que ajudou a impulsionar as bolsas de Nova York e da Europa, assim como as cotações do petróleo. Uma semana antes, a Pfizer e a BioNTech também revelaram ter desenvolvido uma vacina com eficácia de mais de 90%.

Embora a revelação da Moderna tenha dado alguma sustentação aos negócios asiáticos nesta terça, as bolsas locais já haviam registrado fortes ganhos na sessão anterior, na esteira de indicadores positivos da China e do Japão e da assinatura de um acordo comercial envolvendo 15 economias da Ásia e do Pacífico.

Na Oceania, a bolsa australiana fechou em modesta alta, à medida que ganhos de ações de energia e financeiras compensaram perdas em outras partes. O S&P/ASX 200 avançou 0,21% em Sydney, a 6.498,20 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago