Finanças

Bolsas da Ásia fecham em alta, recuperando-se após tombos recentes

As bolsas asiáticas tiveram uma sessão com volatilidade nesta sexta-feira, mas fecharam em território positivo, recuperando-se após quedas acentuadas recentes. Os números da balança comercial da China foram monitorados e vistos em geral de modo positivo pelos analistas, com o país conseguindo manter resultados fortes apesar das tensões comerciais com os Estados Unidos.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em alta de 0,91%, em 2.606,91 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, teve ganho de 0,19%, a 1.355,16 pontos. Xangai chegou a cair 1,8% durante o pregão e o Shenzhen chegou a recuar 3,1%, mas ambos se recuperaram. Alguns investidores sentiram-se encorajados pela balança comercial da China, que mostrou crescimento das exportações acima do esperado pelos analistas em setembro. As exportações da China cresceram 14,5% em setembro, na comparação anual, acima da previsão de alta de 8,8% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,46%, a 22.694,66 pontos, melhorando no fim do pregão. Os setores de maquinário e equipamentos se saíram bem, mas as seguradoras recuaram na praça japonesa. Sompo caiu 3,6%, mas Tokyo Electron teve ganho de 4,3%, entre as ações em foco.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng fechou em alta de 2,12%, a 25.801,49 pontos. Tencent se destacou, em alta de 8% após fortes quedas recentes. A seguradora AIA também teve sessão positiva, com ganho de 4%.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi subiu 1,51%, a 2.161,85 pontos, interrompendo uma sequência de oito baixas seguidas, a mais longa do tipo desde 2014. Samsung avançou 2,1% e a fabricante de microchips SK Hynix ganhou 4,9%. Hyundai Motor, por outro lado, recuou 0,4%, atingindo nova mínima em oito anos e meio.

Em Taiwan, o índice Taiex fechou em alta de 2,44%, em 10.045,81 pontos, seu maior avanço em oito meses. Largen se destacou, em alta de 10%, e Taiwan Semi subiu 4,2%.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou com ganho de 0,20%, em 5.895,70 pontos, na Bolsa de Sydney. Entre as ações mais negociadas, Eden Innovations subiu 19,28% e Biotron avançou 21,43%, mas Fairfax Media caiu 13,55%.