Finanças

Bolsas da Ásia fecham em alta expressiva, após recuperação em Wall Street

As bolsas asiáticas fecharam em alta expressiva nesta sexta-feira, 14, à medida que Wall Street encerrou ontem uma sequência de três pregões negativos com um amplo rali liderado pelo setor financeiro.

O índice acionário japonês Nikkei saltou 2,32% em Tóquio hoje, a 28.084,47 pontos, praticamente apagando o tombo da sessão anterior, enquanto o Hang Seng avançou 1,11% em Hong Kong, a 28.027,57 pontos, o sul-coreano Kospi se valorizou 1% em Seul, a 3.153,32 pontos, e o Taiex registrou alta idêntica de 1% em Taiwan, a 15.827,09 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto teve alta de 1,77%, a 3.490,38 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,80%, a 2.293,87 pontos.

O bom humor na Ásia veio após as bolsas de Nova York se recuperarem com firmeza ontem. Nos três dias anteriores, Wall Street tinha acumulado perdas em meio a preocupações renovadas de que uma forte aceleração na inflação dos EUA possa levar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) a reverter as agressivas medidas de estímulo que vem implementando para combater os efeitos da pandemia de covid-19 antes do previsto.

Nos últimos meses, o Fed vem reiterando a promessa de manter a postura acomodatícia e avaliando que o repique inflacionário é apenas temporário, mas os números mais recentes de preços ao consumidor (CPI) dos EUA, que vieram bem acima das expectativas, causaram turbulência nos mercados globais esta semana.

Na Oceania, a bolsa australiana voltou para o azul hoje, também se recuperando depois de três sessões negativas. O S&P/ASX 200 apresentou ganho de 0,45% em Sydney, a 7.014,20 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).


Veja também
+ Trombose após vacinação com AstraZeneca: Quais os sintomas e como se deve atuar?
+ Auxílio: Governo antecipa pagamento da terceira parcela; veja o calendário
+ Confira 5 cuidados para ter na hora de vender um carro
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Ex-polegar é atropelado após encontro com Bolsonaro