Finanças

Bolsas da Ásia e do Pacífico fecham em baixa, em meio a preocupações com Trump

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em baixa nesta quinta-feira, em meio a incertezas geradas por comentários e políticas do presidente dos EUA, Donald Trump.

“O foco é mais uma vez Trump e todos seus novos decretos”, comentou Tareck Horchani, vice-chefe de vendas da Saxo Markets na região. “As ações têm reagido de forma bastante negativa.”

Na Oceania, a bolsa australiana apagou ganhos que havia exibido durante o pregão e acabou caindo 0,1% hoje, com o índice S&P/ASX 200 a 5.645,40 pontos.

A virada do mercado em Sydney veio após notícias de que Trump criticou, durante recente conversa telefônica com o primeiro-ministro australiano, Malcom Turnbull, um acordo fechado com o ex-presidente americano Barack Obama, pelo qual os EUA considerariam a possibilidade de receber refugiados da Austrália. Em tuíte publicado durante a madrugada, Trump disse que estudaria o que chamou de “tolo acordo” para receber “imigrantes ilegais” da Austrália.

Desde o começo da semana, os mercados asiáticos e do Pacífico operam pressionados, diante da polêmica causada por uma decisão de Trump de suspender o programa de refugiados da Casa Branca e barrar temporariamente imigrantes de sete países de maioria muçulmana.

Além disso, na última terça-feira, Trump criticou Japão e China por “manipularem taxas de câmbio”, acusação que foi rechaçada por autoridades em Tóquio.

O índice japonês Nikkei recuou 1,22%, encerrando o dia abaixo da importante marca de 19.000 pontos, a 18.914,58 pontos.

O iene se fortaleceu em relação ao dólar ao longo da madrugada, diante da repercussão dos comentários de Trump e após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) não dar sinais de quando pretende voltar a aumentar juros. Como se previa, o Fed decidiu ontem deixar seus juros básicos inalterados, após elevá-los pela primeira vez em 13 meses em dezembro.

A valorização do iene tende a pesar em ações de exportadoras japonesas, caso de empresas do setor eletrônico, que lideraram as perdas no Nikkei.

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi caiu 0,46% em Seul, a 2.071,01 pontos, enquanto o Hang Seng perdeu 0,57% em Hong Kong, a 23.184,52 pontos, o Taiex cedeu 0,20% em Taiwan, a 9.428,97 pontos, e o filipino PSEi registrou baixa marginal de 0,02% em Manila, a 7.225,91 pontos.

Os mercados chineses permaneceram fechados, por ocasião do feriado do ano novo lunar que começou no fim de semana, e voltam a operar nesta sexta-feira. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel