Finanças

Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em baixa, de olho em avanço da covid-19

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira, à medida que investidores acompanham com apreensão a disseminação do coronavírus pelo mundo e apesar da promessa do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de manter uma postura ultra-acomodatícia durante a crise da covid-19.

Na China continental, os mercados chineses interromperam uma sequência de três pregões de ganhos, com investidores estrangeiros embolsando lucros do recente avanço. O índice Xangai Composto caiu 0,23%, a 3.286,82 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,43%, a 2.227,33 pontos.

Desemprego na zona do euro sofre leve alta, a 7,8% em junho

Huawei supera Samsung e vira líder de vendas de telefones

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei manteve a fraqueza recente, com queda de 0,26% em Tóquio, a 22.339,23 pontos, pressionado por ações do setor aéreo e de concessionárias de serviços, e o Hang Seng se desvalorizou 0,69% em Hong Kong, a 24.710,59 pontos, diante do fraco desempenho de papéis do setor financeiro.

Por outro lado, o sul-coreano Kospi avançou 0,17% em Seul hoje, a 2.267,01 pontos, favorecido por ações de montadoras e de fabricantes de eletrônicos, e o Taiex subiu 1,45% em Taiwan, a 12.722,92 pontos.

O avanço do coronavírus limita o apetite por risco na Ásia. Ontem, os casos de covid-19 no mundo ultrapassaram a marca de 16,8 milhões, com mais de 662 mil mortes.

Já o Fed manteve seus juros inalterados ontem, como se previa, mas reiterou a disposição usar toda a gama de ferramentas disponíveis para apoiar a economia dos EUA em meio à crise gerada pelo coronavírus.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, embora o Estado de Victoria tenha anunciado novo recorde de casos de coronavírus em 24 horas, de 723. O S&P/ASX 200 avançou 0,74% em Sydney, a 6.051,10 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?