Finanças

Bolsas asiáticas fecham em alta com perspectiva de retomada econômica

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira, à medida que o otimismo com o processo de reabertura econômica após o choque do coronavírus continua favorecendo o apetite por ativos considerados mais arriscados, como ações.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 1,29% em Tóquio hoje, a 22.613,76 pontos, impulsionado por papéis ligados ao petróleo, enquanto o Kospi saltou 2,87% em Seul, a 2.147,00 pontos, depois que a Coreia do Sul propôs um orçamento suplementar equivalente a cerca de US$ 29 bilhões para combater os efeitos da covid-19, o Hang Seng avançou 1,37% em Hong Kong, a 24.325,62 pontos, e o Taiex registrou ganho de 1,73% em Taiwan, a 11.320,16 pontos.

+ Coreia do Sul propõe orçamento suplementar de US$ 28,9 bilhões
+ China pede ao Reino Unido o fim imediato da interferência em Hong Kong

Na China continental, as altas foram apenas marginais: de 0,07% do Xangai Composto, a 2.923,37 pontos, e de 0,04% do Shenzhen Composto, a 1.847,38 pontos.

A gradual reversão de medidas de quarentena em vários países continua alimentando esperanças de que a economia global se recupere após o violento impacto da pandemia de coronavírus. Além disso, há expectativas de que governos continuem adotando estímulos fiscais para potencializar os esforços monetários de bancos centrais e superar a crise provocada pela doença.

Neste ambiente positivo, ficaram em segundo plano os recentes desentendimentos entre EUA e China em relação à autonomia de Hong Kong e a onda de violentos protestos antirracistas que se espalhou pelo território americano e levou o presidente Donald Trump a fazer ameaças de intervenção militar no começo da semana.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul, e o índice S&P/ASX 200 avançou 1,83%, a 5.941,60 pontos, fechando no maior nível desde 6 de março. Dados oficiais mostraram que Produto Interno Bruto (PIB) da Austrália sofreu contração de 0,3% no primeiro trimestre ante os três meses anteriores, a primeira desde 2011. Analistas, contudo, previam queda um pouco maior, de 0,4%. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança