Finanças

Bolsas asiáticas fecham em alta, com liderança da China após dados de inflação

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, lideradas pelos mercados chineses, que deram continuidade a um rali recente após dados de inflação locais reforçarem expectativas de recuperação econômica.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 1,39% hoje, a 3.450,59 pontos, acumulando ganhos pelo oitavo pregão consecutivo, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 2,70%, a 2.257,95 pontos.

Dados oficiais mostraram que a inflação chinesa volta a ganhar força após o violento impacto da pandemia de coronavírus, sugerindo que a segunda maior economia do mundo permanece em trajetória de recuperação. A inflação anual ao consumidor na China acelerou de 2,4% em maio para 2,5% em junho, enquanto a taxa de deflação anual ao produtor diminuiu de 3,7% para 3% no mesmo período.

Nos mercados de câmbio, a moeda chinesa também se fortaleceu, chegando a ser negociada a menos de 7 yuans por dólar durante a madrugada.

Em outras partes da Ásia, os ganhos das bolsas foram mais moderados: o japonês Nikkei teve alta de 0,40% em Tóquio, a 22.529,29 pontos, o Hang Seng subiu 0,31% em Hong Kong, a 26.210,16 pontos, o sul-coreano Kospi se valorizou 0,42% em Seul, a 2.167,90 pontos, e o Taiex avançou 0,18% em Taiwan, a 12.192,69 pontos.

Apesar do tom positivo, investidores na região asiática monitoram com apreensão o forte avanço do coronavírus nos EUA, que ontem ultrapassaram a marca de 3 milhões de casos da doença com o aumento do contágio em meio ao processo de reabertura econômica.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul, e o S&P/ASX 200 avançou 0,59% em Sydney, a 5.955,50 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?