Finanças

Bolsas asiáticas fecham em alta com esperança de vacina contra covid-19

As bolsas da Ásia e Pacífico fecharam em alta generalizada nesta quinta-feira, impulsionadas por expectativas em relação a uma possível vacina contra o coronavírus.

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto subiu 2,13% hoje, a 3.090,57 pontos, atingindo o maior nível em cinco meses e meio, e o Hang Seng voltou de um feriado em Hong Kong com alta de 2,85%, a 25.124,19 pontos, apesar de tensões causadas pela aprovação nesta semana de uma nova lei de segurança nacional para o território pelo Parlamento da China, gesto que agravou as já complicadas relações de Pequim com os EUA.

+ Tensão entre China e Reino Unido por nova lei de segurança de Hong Kong
+ Proibição de apps chineses leva indianos a alternativas locais

O bom humor na região asiática veio após notícia divulgada ontem de que uma vacina experimental contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com a BioNTech apresentou resultados positivos.

Alguns países asiáticos, como China e Coreia do Sul, recentemente enfrentaram novos surtos localizados de coronavírus. Já os EUA vêm registrando forte aumento no número de casos da doença desde que começou a reverter medidas de isolamento.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei teve modesto ganho de 0,11% em Tóquio nesta quinta, a 22.145,96 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi mostrou alta mais expressiva em Seul, de 1,36%, a 2.135,37 pontos, o Shenzhen Composto – índice chinês de menor abrangência – subiu 1,25%, a 2.016,05 pontos, e o Taiex se valorizou 0,87% em Taiwan, a 11.805,14 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul, e o S&P/ASX 200 avançou 1,66% em Sydney, a 6.032,70 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?