Finanças

Bolsas asiáticas fecham em alta após Trump reafirmar acordo comercial EUA-China

As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta terça-feira, após o presidente dos EUA, Donald Trump, reafirmar que o acordo comercial preliminar de Washington com a China permanece em vigor.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,50% em Tóquio hoje, a 22.549,05 pontos, enquanto o chinês Xangai Composto avançou 0,18%, a 2.970,62 pontos, e o Hang Seng se valorizou 1,62% em Hong Kong, a 24.907,34 pontos.

+ China veta carne de unidade dos EUA
+ Japão dá seis semanas ao Reino Unido para fechar acordo comercial

Em tuíte publicado durante a madrugada, Trump garantiu que o acordo comercial “de fase 1” dos EUA com os chineses continua “integralmente intacto”. “Tomara que eles continuem a seguir os termos do acordo!”, acrescentou o presidente.

O gesto de Trump veio após o assessor de comércio da Casa Branca, Peter Navarro – um notório crítico da China -, dizer em entrevista à Fox News que o acordo havia “acabado”. Posteriormente, Navarro tentou esclarecer seus comentários, alegando ao The Wall Street Journal que haviam sido “totalmente tirados de contexto”.

“Eles não tiveram nada a ver com a fase 1 do acordo comercial, que continua em vigor”, afirmou Navarro. “Eu estava simplesmente falando sobre a falta de confiança que temos agora em relação ao Partido Comunista Chinês após eles mentirem sobre as origens do vírus chinês e impingirem uma pandemia ao mundo”, completou, referindo-se ao coronavírus.

A fala inicial de Navarro pesou nos mercados asiáticos, que abriram os negócios desta terça em baixa antes de se recuperarem.

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi avançou 0,21% em Seul, encerrando o pregão a 2.131,24 pontos, o Shenzhen Composto – índice chinês de menor abrangência – subiu 0,56%, a 1.947,45 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,34% em Taiwan, a 11.612,36 pontos.

Ainda que tenha ficado em segundo plano hoje, o coronavírus permanece no radar, após voltar a ganhar força nos EUA em meio ao processo de reabertura da economia local, e o recente ressurgimento da covid-19 em Pequim, a capital chinesa.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o tom positivo da região asiática, e o S&P/ASX 200 teve modesta valorização de 0,17% em Sydney, a 5.954,40 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?