Finanças

Bolsas asiáticas caem majoritariamente após PIB dos EUA, mas PMI anima chinesas

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta sexta-feira, um dia após a divulgação da queda recorde do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, como resultado da pandemia do novo coronavírus. Os mercados chineses, no entanto, se animaram com dados que indicam recuperação da atividade manufatureira.

Vietnã registra primeira morte por coronavírus

Índia supera 35.000 mortes por coronavírus

O índice acionário japonês Nikkei caiu 2,82% em Tóquio hoje, a 21.710,00 pontos, pressionado por ações financeiras, enquanto o Hang Seng recuou 0,47% em Hong Kong, a 24.595,35 pontos, o sul-coreano Kospi se desvalorizou 0,78% em Seul, a 2.249,37 pontos, e o Taiex registrou perda de 0,46% em Taiwan, a 12.664,80 pontos.

Ontem, o governo americano divulgou que o PIB dos EUA sofreu uma retração anualizada de 32,9% no segundo trimestre, a maior da história, diante dos efeitos da covid-19. Embora não tenha sido tão ruim quanto se esperava, o resultado realimentou temores sobre a perspectiva da economia global.

Além disso, a propagação e o saldo de mortes do coronavírus pelo mundo continua inibindo o apetite por risco. Apenas os EUA acumulam mais de 150 mil óbitos causados pela doença.

Na China continental, porém, as bolsas ficaram no azul após dados mostrarem que o índice de gerentes de compras (PMI, pela sigla em inglês) do setor industrial chinês subiu de 50,9 em junho para 51,1 em julho, sugerindo que a manufatura da segunda maior economia do mundo está se expandindo em ritmo mais veloz do que se imaginava, após sofrer o violento choque da pandemia. O Xangai Composto subiu 0,71% nesta sexta, a 3.310,01 pontos, encerrando julho com valorização superior a 10%. Já o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,33%, a 2.256,87 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana teve seu pior dia em cinco semanas, diante também do avanço do coronavírus no Estado de Victoria. O S&P/ASX 200 caiu 2,04% em Sydney, a 5.927,80 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?