Economia

Bolsa de Tóquio fecha em alta de 2,12% após eleição de Biden e registra maior nível desde 1991

Crédito: AFP

Morador de Tóquio passa diante de telão que exibe os resultados da Bolsa de Tóquio (Crédito: AFP)

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão de segunda-feira em alta de 2,12%, com um nível recorde desde 1991, depois da vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, um resultado que era aguardado pelos investidores.

Pix e ‘open banking’ vão representar novo desafio

Hacker mantém posse de processos do STJ e peritos temem vazamento

O índice Nikkei fechou a sessão a 24.839,84 pontos, depois de avançar 5,9% na semana passada, um valor que não registrava há 29 anos.



Tóquio e outras Bolsas já haviam registrado altas consideráveis desde quarta-feira da semana passada, aliviados por terem escapado de uma “onda azul” democrata, já que o equilíbrio de poder que se perfila entre republicanos e democratas no Congresso dificultará para o governo Biden executar amplas reformas fiscais direcionadas aos ricos e grandes empresas.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km