Agronegócio

Boi/Aftosa: Mato Grosso do Sul inicia movimentos para retirar vacinação no Estado

São Paulo, 22 – Autoridades do Estado de Mato Grosso do Sul se reuniram na quinta-feira para alinhar estratégias para a retirada da vacina contra a febre aftosa em 2023, elevando o status sanitário do Estado para “área livre de aftosa, sem vacinação”.



No evento IV Fórum Pnefa-MS, o secretário de Estado, Jaime Verruck, afirmou que serão liberados R$ 18 milhões para infraestrutura, garantia de aporte de 20 milhões ao Fundefesa e abertura de edital para concurso de médico veterinário para as equipes envolvidas no plano, conforme nota da Secretaria de Agricultura sul-mato-grossense.

Na ocasião, o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, acrescentou que o Estado já é referência em “produção e qualidade, e, agora, a meta é a abertura de novos e exigentes mercados”.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?