Negócios

Boeing saúda aprovação de aquisição da Embraer pelo Cade


A Boeing saudou em comunicado nesta segunda-feira, 27, a aprovação da aquisição da Embraer pela Boeing pela Superintendência Geral do Conselho de Administração em Defesa Econômica (Cade) no Brasil.

“Essa última liberação é mais um endosso de nossa parceria, que trará maior concorrência ao mercado regional de jatos, melhor valor para nossos clientes e oportunidades para nossos funcionários”, afirmou o presidente da Embraer Partnership & Group Operations da Boeing, Marc Allen.

“A aprovação do negócio pelo Brasil é uma demonstração clara da natureza pró-competitiva de nossa parceria”, disse o presidente e CEO da Embraer, Francisco Gomes Neto. “Isso não apenas beneficiará nossos clientes, mas também permitirá o crescimento da Embraer e da indústria aeronáutica brasileira como um todo.”

A liberação já foi concedida no Brasil, Estados Unidos, China, Japão, África do Sul, Montenegro, Colômbia e Quênia, segundo a Boeing. A Boeing e a Embraer estão em discussão com a Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), desde o final de 2018. “Estamos engajados produtivamente com a Comissão para demonstrar a natureza pró-competitiva de nossa parceria planejada, e esperamos um resultado positivo”, disse Allen.