Negócios

Boeing perdeu US$ 25 bilhões em valor de mercado após acidente na Etiópia

A situação ficou ainda pior nesta quarta-feira (13), após o governo dos Estados Unidos ceder à pressão internacional e também proibir o uso do modelo 737 MAX 8 em seu espaço aéreo

Boeing perdeu US$ 25 bilhões em valor de mercado após acidente na Etiópia

A Boeing já perdeu US$ 25 bilhões (R$ 95 bilhões) em valor de mercado desde a queda de um avião da Ethiopian Airlines, neste domingo (10) e a suspensão do Boeing 737 MAX 8 por dezenas de companhias e países. A situação ficou ainda pior nesta quarta-feira (13), após o governo dos Estados Unidos ceder à pressão internacional e também proibir o uso do modelo em seu espaço aéreo. Com a medida, as ações da fabricante de jatos caíram 3%, após uma leve recuperação ao longo da semana. Desde o desastre, os papéis da companhia acumulam retração de 10%.

A própria companhia recomendou a suspensão do uso do 737 MAX 8 até que as causas dos dois acidentes envolvendo o modelo, em menos de cinco meses, sejam esclarecidas. Apesar de garantir a segurança do seu produto, a Boeing disse que está trabalhando para garantir que os desastres não se repitam.

Além da retração no valor de mercado, a companhia também deve arcar com os prejuízos das companhias que estão com os modelos 737 MAX 8 estacionados. Segundo a CNN, em até três semanas, o valor pode ser de US$ 5 bilhões.

O Brasil, a Gol era a única companhia que operava com o modelo e anunciou a suspensão das operações na última segunda-feira (11). Segundo comunicado, não serão usados os sete modelos que fazem parte da frota da empresa por tempo indeterminado.

 

 

 

 

 

 

 

Tópicos

737-MAX 8 Boeing Gol