Estilo

Boeing lança modelo com autonomia de voo para qualquer destino

Versões executivas do Boeing 777X têm capacidade para voar até 20.370 quilômetros de forma interrupta; luxo das aeronaves também chama atenção

Boeing lança modelo com autonomia de voo para qualquer destino

Modelo ainda está em fase de desenvolvimento e com previsão de ser lançado ao mercado em março do próximo ano

A Boeing apresentou nesta segunda-feira (10) o modelo executivo do 777X, criado para longas distâncias e ainda em fase de desenvolvimento. Durante exibição em uma feira em Dubai, os executivos da empresa afirmaram que o avião poderá voar para qualquer destino sem a necessidade de paradas para reabastecimento.

O modelo será entregue em duas versões. O BBJ 777-8 terá capacidade para percorrer 21.570 quilômetros, enquanto o BBJ 777-9 poderá percorrer 20.370 quilômetros de forma interrupta. Para comparação, a circunferência da Terra é de 40.075 quilômetros.

Além da autonomia, os novos modelos da Boeing também inovam pelo luxo e conforto a bordo, em uma parceria com três empresas de design de interiores: Reenpoint Technologies, Jet Aviation e Unique Aircraft Design.

O tamanho do avião permite adaptar diversos espaços em salas de jantar, reuniões e jogos, além de suítes e área de lazer. O modelo interno também pode ser desenhado de acordo com o interesse do proprietário, informou a empresa.

A Boeing ainda não divulgou previsão de preços dos modelos executivos. No mercado das companhias aéreas, o 777-8 está avaliado em US$ 394,9 milhões e o 777-9 em US$ 425,8 milhões.

Asas mais largas que um campo de futebol

O modelo já é destaque por ter as asas mais largas que um campo de futebol, 71,7 metros de envergadura. Ele se tornou também o primeiro avião comercial a jato com asas dobráveis. As pontas são retraídas em solo, passando para 68,8 metros, ligeiramente maior que a largura de um campo de futebol padrão FIFA, que tem 68 metros de largura. A medida foi tomada para que o 777-9 possa operar em aeroportos que já recebiam seus antecessores da linha 777.

Tópicos

777x Boeing