Negócios

Boeing com novos problemas: asa de centenas de aviões pode ter defeito

Segundo a Boeing, vinte 737 Max e vinte um 737 Next Generation são os mais prováveis a terem "as peças [defeituosas] em questão"

Boeing com novos problemas: asa de centenas de aviões pode ter defeito

Funcionários da Boeing trabalham em um 737 MAX na fábrica do grupo em Renton, estado de Washington, em 27 de março de 2019. - AFP/Arquivos

A Boeing divulgou nota neste domingo (2) em que diz que uma leva de aviões da linha 737 (a mesma do modelo Max, pivô de polêmica mundial e atualmente impedido de voar comercialmente) foram entregues pela empresa com slats “potencialmente fora dos conformes”. O comunicado coloca em xeque a segurança de centenas de 737’s, incluindo 159 unidades do modelo Max, adicionando novo capítulo para o ano infernal que a empresa vem passando.

Os slats são partes móveis da asa, que ficam na parte de frente e auxiliam na hora da decolagem e aterrissagem, aumentando ou diminuindo a pressão do ar. Um erro nesta peça pode causar falta de controle do piloto em momentos chave do voo. Segundo a Boeing, vinte 737 Max e vinte um 737 Next Generation são os mais prováveis a terem “as peças [defeituosas] em questão”.

Mas para além das 41 aeronaves em que a Boeing disse ter preocupações, a empresa de Seattle avisou todas as outras empresas que operam os modelos a realizarem checagens de precaução. A empresa não divulgou o nome da fornecedora das peças.