Agronegócio

BNDES diz estar estruturando linha para RenovaBio e incentivo à emissão de CBIOs

São Paulo, 17 – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vem estruturando uma linha para o desenvolvimento do Programa de Estímulo aos Biocombustíveis (RenovaBio) e incentivo às emissões de Créditos de Descarbonização (Cbios). A informação é do chefe do Departamento do Complexo Agroalimentar e Biocombustíveis do banco, Mauro Mattoso.

“A ideia é financiar as usinas e estabelecer para elas uma meta de emitir determinada quantidade de CBIOs, dentro de um prazo de 6 a 8 anos”, disse Mattoso em webinar realizada pela Datagro na noite da quinta-feira.

Mattoso explicou que a linha teria também um mecanismo de estímulo, com a empresa sendo avaliada a cada dois ou três anos e, a depender de seu desempenho, tendo um desconto na taxa de juros. “Já tínhamos conversado com algumas usinas, Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), ANP (Agência Nacional de Petróleo), MME (Ministério do Meio Ambiente), mas aí veio a crise e pegou a gente no caminho. Mas não paramos de discutir a linha, achamos que tem potencial muito grande para estimular a emissão de Cbios”, afirmou.

Segundo Mattoso, antes da crise do novo coronavírus, em janeiro e fevereiro, havia o objetivo de “colocar a linha na rua” até o fim do primeiro semestre. “Hoje, não sei dizer”, comentou.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?