Geral

BNDES anuncia programa de R$ 1 bilhão para hospitais filantrópicos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira, 13, durante evento no Palácio do Planalto, um programa de R$ 1 bilhão para hospitais filantrópicos, como as Santas Casas. De acordo com o presidente do banco de fomento, Joaquim Levy, essas instituições respondem por parte “absolutamente importante” da saúde no Brasil.



“Em quase mil municípios, as filantrópicas são o único hospital”, disse Levy. “Zelar pela manutenção destas instituições é importante”, acrescentou.

Levy lembrou ainda que, no Brasil, o setor de saúde responde hoje por 9,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo ele, estudo do Banco Mundial mostra que uma melhora na gestão das instituições do setor poderia gerar economia de mais de R$ 10 bilhões por ano.

“O BNDES tem uma carteira de mais de R$ 11 bilhões emprestados ao setor de saúde”, pontuou Levy.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, além do presidente do BNDES, Joaquim Levy, participam no período da manhã do lançamento do novo BNDES Saúde.



O programa é voltado a entidades filantrópicas da área de saúde sem fins lucrativos e que prestam atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS).


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?