Negócios

BMW quer que 25% de suas vendas na China sejam de veículos elétricos até 2025

Crédito: Arquivo / Reuters

Ano passado, apenas cerca de 4% das vendas da BMW no país foram de veículos com essa motorização (Crédito: Arquivo / Reuters)

XANGAI (Reuters) – A BMW pretende que um quarto de suas vendas na China seja de veículos exclusivamente elétricos até 2025, disse o presidente-executivo, Jochen Goller, nesta segunda-feira. Ano passado, apenas cerca de 4% das vendas da BMW no país foram de veículos com essa motorização.



Goller deu essa declaração no salão do automóvel de Xangai. Ele também afirmou que a BMW terá 12 modelos elétricos à venda na China até 2023. A montadora alemã espera que metade de suas vendas globais sejam de modelos totalmente elétricos até 2030.

+ BMW lança linha de motocicletas em comemoração aos 40 anos da GS

O executivo acrescentou que a BMW pretende expandir produção na China, mas ainda não tomou a decisão final.

A parceria com da BMW com a montadora chinesa Great Wall Motor, que está construindo uma fábrica na China, começará a fabricar dois modelos Mini elétricos para o mercado global a partir de 2023, disse Goller.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?