Giro

Bloomberg acelera o passo na corrida eleitoral para 2020 nos EUA

Bloomberg acelera o passo na corrida eleitoral para 2020 nos EUA

(Arquivo) O bilionário americano Michael Bloomberg - AFP/Arquivos

O bilionário americano Michael Bloomberg convocou o eleitorado, nesta terça-feira (12), a derrotar o presidente Donald Trump em 2020, depois de dar um novo passo formal para engrossar a lista de pré-candidatos democratas.

“Me apresentei oficialmente em Arkansas para competir nas primárias democratas”, tuitou o ex-prefeito de Nova York, quatro dias depois de fazer o mesmo no Alabama.

Ambos os estados não são os primeiros a realizar as prévias, mas suas datas-limite para registro da pré-candidatura acontecem mais cedo.

“Temos de derrotar Trump. Falhamos em cada passo”, frisou Bloomberg, de 77 anos, um dos homens mais ricos do mundo.

A três meses do início das primárias, a entrada de Bloomberg nas fileiras democratas pode ser uma ameaça para os candidatos mais moderados, em especial para Joe Biden. Ainda favorito nas pesquisas, o ex-vice-presidente de Barack Obama começa a apresentar declínio nas intenções de voto.