Edição nº 1150 09.12 Ver ediçõs anteriores

Sorriso contra a crise

Sorriso contra a crise

Maior rede de franquias odontológicas do Brasil, a Sorridents vai estrear no mercado de tecnologia. A empresa, com 240 endereços e faturamento de R$ 220 milhões em 2016 – alta de 10% sobre o ano anterior –, enxergou uma oportunidade de negócios na falta de habilidade dos dentistas em administrar suas finanças. “Geralmente, as contas dos consultórios são uma bagunça. Por não terem aulas de administração e finanças na faculdade, os profissionais chegam ao mercado sem a capacidade de gerir uma empresa”, disse à DINHEIRO a fundadora da Sorridents, Carla Sarni. Foi a partir desta constatação que ela decidiu criar uma nova empresa, a DocBiz, que venderá softwares de gestão especializados em consultórios. O lançamento será apresentado no maior congresso do setor, o Ciosp, no início de fevereiro. Outro motivo de sorriso para a empresa é o início do processo de internacionalização. A partir de julho, uma unidade começará a operar na cidade americana de Orlando, na Flórida. “Temos uma lista de 55 interessados em abrir uma unidade da Sorridents no exterior. Será um ciclo importante de expansão de nossas operações.”

(Nota publicada na Edição 1001 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Luís Artur Nogueira e André Jankavski)


Mais posts

Vidaclass quer conquistar mercado europeu

Desde 2014 a startup brasileira VidaClass conecta pessoas sem convênio médico a serviços de saúde por um preço acessível. Atualmente [...]

Franchising sorri para investidores

Divulgação A Sorridents, maior rede odontológica da América Latina, recebeu aporte de R$ 6 milhões de “multi-investidores” – aqueles [...]

Conveniência autônoma

Tecnologias que usam inteligência artificial, computer vision, câmeras e sensores para modernizar a experiência de compra são a base da [...]

Mercado de bikes infantis pedala como adulto

O brasileiro está pedalando mais. De janeiro a outubro deste ano foram produzidas 820.040 bicicletas no Brasil, segundo dados da [...]

Marketplace Agrofy quer ser líder em 20 países

Primeiro marketplace do agronegócio brasileiro, a argentina Agrofy quer ser a maior plataforma digital do setor do Brasil e em mais 19 [...]
Ver mais