Um novo estilo de vida na Califórnia

Um novo estilo de vida na Califórnia

A seca que castiga o Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, há cinco anos está provocando mudanças no estilo de vida da região mais populosa do país. As agências reguladoras californianas estão preparando um plano para tornar permanentes as medidas de economia de água na região. Desde 2015, por exemplo, a irrigação de gramados e jardins ornamentais sofre restrições. Algumas cidades, como Sacramento, foram obrigadas a cortar ao menos 28% do uso de água. A medida tem como pano de fundo o fato de cientistas alertarem que a seca deve continuar nos próximos anos.

(Nota publicada na Edição 1000 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Carnaval da reciclagem

O Carnaval deste ano obteve nota 10 no quesito “evolução” da coleta de recicláveis. Pelo menos em algumas localidades. Em Olinda (PE), [...]

Etanol sustentável

A Atvos, uma das maiores produtoras de etanol do país, obteve suas quatro primeiras certificações no Renovabio, para as Unidades [...]

Grupo Sabin investe R$ 4 milhões no social

O grupo Sabin, que atua no segmento de medicina diagnóstica, investiu R$ 4 milhões em projetos sociais no ano passado por meio do [...]

Scala reduz impacto ambiental

A empresa de laticínios Scala, de Minas Gerais, conhecida no mercado por sua linha de queijos, desenvolveu uma política própria para reduzir o impacto no meio ambiente. A companhia faz parte do Mercado Livre de Energia, onde adquire energia renovável suficiente para suprir mais de 98% do consumo total de suas instalações. Cerca de 90% […]

Inteligentes e inclusivas

Uma cidade inteligente (smart city) tem de ser, acima de tudo, inclusiva. Foi com essa proposta que a empresa Planet Smart City [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.