Edição nº 1137 09.09 Ver ediçõs anteriores

Um apelo à paz

Um apelo à paz

Em sua primeira mensagem como secretário-geral da ONU, o português António Guterres, que assumiu o cargo no dia 1º de janeiro, fez um apelo à paz. “Populações civis em vários pontos do globo são destroçadas sob a mais letal violência”, afirmou Guterrez. “Nestas guerras não há vencedores. Gastam-se bilhões de dólares na destruição de sociedes e economias, alimentando ciclos de desconfiança e medo que pode perpetuar-se por gerações.” O diplomata pediu que cidadãos, governos e dirigentes façam de 2017 um ano em que todos procurem superar as suas diferenças. “Seja através da solidariedade e da compaixão nas nossas vidas quotidianas, seja através do diálogo e do respeito, independentemente de divergências políticas”, disse Guterres.

(Nota publicada na Edição 1000 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Demanda aquecida faz produção de orgânicos disparar

O clamor dos brasileiros por uma alimentação mais saudável e sem agrotóxicos tem surtido efeito nas lavouras do País. Em menos de uma [...]

Queimadas na Amazônia destroem quase 30 mil km²

Os incêndios florestais queimaram 29.944 km² do bioma amazônico, o equivalente a 4,2 milhões de campos de futebol, segundo o Programa [...]

Limpeza do planeta mobiliza até site pornô

O portal adulto Pornhub abraçou a causa ambiental. O site lançou um vídeo que mostra um casal rodeado por lixo numa praia do Caribe. [...]

Cervejaria Ambev abre edital para startups

A Ambev está à procura de startups que tenham soluções para os problemas socioambientais do País. A empresa abriu inscrições para a [...]

Bolsonaro dispensa G7 e fica com a rainha

Os últimos dias foram movimentados. E não apenas na Amazônia, onde o número de focos de incêndio disparou no acumulado de 2019. Já são [...]
Ver mais