Edição nº 1134 19.08 Ver ediçõs anteriores

20 anos de Plano Real – Ambev e Souza Cruz, as melhores ações

Abra uma cerveja e acenda um cigarro. Não são hábitos saudáveis para o corpo mas, nos últimos 20 anos, quem apostou em ações da Ambev e da Souza Cruz obteve os melhores resultados, segundo uma pesquisa da empresa de informações Economática.

Nesse período, as ações ordinárias da Ambev (que, há 20 anos, eram ainda os papéis da Brahma) renderam 4.873% em termos reais, descontando-se a inflação calculada pelo IPCA. Ou seja, quem investiu R$ 1.000 nessas ações no dia 30 de junho teria, na quinta-feira 26, R$ 49.730, depois de corrigida a inflação.

Após a cervejinha comemorativa, permita-se acender um cigarro. As ações ON da Souza Cruz ficaram em segundo lugar em rentabilidade, com uma valorização de 4.263%. Quem investiu R$ 1.000 nelas no dia 30 de junho de 1994 teria, na quinta-feira 26, R$ 42.630.


Mais posts

Por que a Lush vai fechar as portas no Brasil de novo

Quatro anos após ter reiniciado suas atividades no Brasil, a empresa britânica de cosméticos de luxo Lush está fechando as portas de [...]

Bradesco venderá previdência pelo celular

A Bradesco Vida e Previdência vai aproveitar uma mudança na regulamentação do mercado e, a partir do dia 29 de janeiro, começa a distribuir planos de previdência privada pelo celular. No dia 26 de janeiro entra em vigor uma resolução do Conselho Nacional dos Seguros, que dispensa as empresas de registrar os contratos por meio […]

Bradesco vende mais previdência usando a tradicional promoção

Isenção da taxa de carregamento em novos aportes elevou vendas de novembro em 38%

Gestor de fundos imobiliários questiona taxas cobradas pelo Credit Suisse

André Freitas, da Hedge Investments, solicita convocação de assembleia para reduzir taxas de 1,5% para 0,6%

Saída de Maria Silvia do BNDES já era esperada, diz analista

Já era esperado o pedido de demissão de Maria Sílvia Bastos Marques da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e [...]
Ver mais