Giro

Blocos da zona sul e do centro vão desfilar no mesmo horário no Rio

A prefeitura do Rio anunciou hoje (17) o planejamento para os desfiles dos blocos de carnaval de rua, com mudanças no horário dos blocos tradicionais que desfilam no carnaval da zona sul. Haverá também apenas uma apresentação de um megabloco por dia, sempre no centro da cidade e na parte da manhã. 

Os grandes blocos que desfilam em Ipanema, como o Simpatia é Quase Amor e a Banda de Ipanema terão os seus horários remanejados e também sairão pela manhã em seus trajetos tradicionais. Assim, nesses dias, não haverá migração em massa de foliões do centro para a zona sul, uma das principais reivindicações das associações de moradores.

“As associações de moradores da zona sul pediram que eu tomasse medidas para evitar violência e depredações. O centro da cidade é o local mais adequado para os megablocos, porque ali não temos moradores, não temos problema. Problema há, sobretudo, nas áreas densamente povoadas, como a zona sul”, disse o prefeito Marcelo Crivella, .

Segundo a Riotur, para o carnaval deste ano, foram autorizados 543 desfiles de blocos. Os blocos, no entanto, precisam cumprir as exigências da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e apresentar o aval dessas corporações à prefeitura. O prazo termina na próxima semana, o que faz com que esse número possa mudar.

Megablocos

São considerados megablocos os que reúnem pelo menos 300 mil pessoas. São sete: Bola Preta, Poderosas, Chora me Liga, Bloco da Preta, Fervo da Lua, Monobloco e Carnaval Square. Todos sairão no centro, das 7h às 13h. Nesses dias, os grandes blocos, que reúnem 100 mil pessoas, como o Simpatia é Quase Amor e a Banda de Ipanema sairão no mesmo horário.

O presidente da Riotur, Marcelo Alves disse que a ocupação hoteleira ultrapassou os números de quatro anos atrás e está chegando a recordes históricos. Em hotéis da zona sul, há 100% de ocupação, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH).

O presidente da Associação de Moradores de Ipanema, Carlos Monjardim elogiou a prefeitura por ter dialogado com a sociedade civil organizada. “Ipanema está ombreada e de braços dados com o prefeito Crivella e com a prefeitura para realizarmos o melhor carnaval do Rio de Janeiro. O prefeito teve a sensibilidade de ouvir as associações de moradores para que construíssemos uma solução que minorasse os transtornos que os grandes eventos causam nos nossos bairros”, disse. 

Outro que elogiou a mudança no horário de blocos da zona sul foi o presidente da Sociedade Amigos de Copacabana, Horácio Magalhães Gomes. “O prefeito Crivella mostrou sensibilidade ao ouvir a sociedade civil organizada. O sentindo é aperfeiçoar o carnaval, que é muito importante para a cidade do Rio de Janeiro. Mas é preciso que transcorra com organização e planejamento, levando em consideração toda a cidade, até os que não participam da folia. As medidas anunciadas são positivas”, avaliou.