Economia

Blinken alerta contra “ações cada vez mais agressivas” da China contra Taiwan

WASHINGTON (Reuters) – O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, disse neste domingo que os Estados Unidos estão preocupados com as ações agressivas da China contra Taiwan e alertou que quem tentar modificar o status quo no Pacífico Ocidental à força estaria cometendo um “erro grave”.

“O que temos visto, e o que é uma preocupação de verdade para nós, são ações cada vez mais agressivas do governo de Pequim contra Taiwan, aumentando as tensões nos estreitos”, disse Blinken, em uma entrevista ao programa de televisão “Meet the Press”, da NBC.

Pequim culpou os Estados Unidos pelas tensões na quinta-feira, após um navio de guerra norte-americano passar perto de Taiwan.

Os Estados Unidos têm um antigo compromisso, sob o Ato de Relações com Taiwan, de garantir que Taiwan tenha a habilidade de se defender e manter a paz e a segurança no Pacífico Ocidental, disse Blinken.

Questionado se os Estados Unidos responderiam militarmente à ação chinesa em Taiwan, Blinken se recusou a comentar uma situação hipotética.

Taiwan tem reclamando nos últimos meses de repetidas missões da força aérea chinesa próximas à ilha, que a China reivindica como sua.

(Reportagem de Doina Chiacu)

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel