Black Friday

Black Friday: 5 sites de pesquisa que salvam o consumidor da “black fraude”

Crédito: Negative Space/Pexels

Sites ajudam consumidores a aproveitar melhor a Black Friday (Crédito: Negative Space/Pexels)

Novembro começou e com ele as promessas de promoções por todos os lados por conta da Black Friday. As promoções este ano acontecem no dia 26, quando parte dos consumidores prefere fazer suas compras. 

Neste momento, porém, alguns lojistas acabam subindo o valor dos produtos para oferecer falsas promoções. A prática já é conhecida pelos consumidores por “vender pela metade do dobro”. Felizmente a tecnologia está aí para auxiliar e algumas ferramentas já existem para fazer a pesquisa de preços entre lojas e recuperar o histórico de preços dos produtos. 



Confira 5 plataformas com ferramentas que facilitam a pesquisa e evitam que o consumidor seja enganado. 

Procon-SP

Antes de qualquer coisa, faça uma pesquisa no nome do site no Procon do seu estado. Em época de Black Friday muitas lojas desconhecidas aparecem com ótimos descontos. 

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



Se você é de São Paulo, confira a lista dos sites para se evitar do Procon-SP.

Zoom

Além de fazer a comparação de preços entre as lojas, o site também te mostra quais os e-commerces oferecem cashback.

Buscapé

Outra plataforma que reúne milhares de produtos com o preço praticado no momento, e o menor preço dentro de um período de seis meses, para que você tenha todas as informações na hora de fazer a compra.

Google Shopping 

A plataforma de compras do Google funciona de forma bastante parecida com as outras duas, com a vantagem de oferecer uma interface bastante parecida com a do Google, o que ajuda na navegação. 

Agora Cupom

Este site tem o objetivo de concentrar as lojas e empresas que estejam oferecendo cupons de desconto. Ele funciona o ano todo e em tempos de Black Friday o consumidor pode garantir um desconto a mais.