Giro

Bitcoin pode sofrer a maior queda da sua história nos próximos meses

Crédito: Reprodução/Unsplash

Uma das maiores preocupações dos investidores neste momento são as possíveis regulamentações das criptomoedas que podem ser futuramente aprovadas nos EUA (Crédito: Reprodução/Unsplash)

Desde o final do ano passado que as criptomoedas têm valorizado de uma forma galopante. Esta tendência verificou-se especialmente nas populares moedas digitais Bitcoins e Ethereum.

Atualmente, um Bitcoin equivale a cerca de 38 mil dólares. No entanto, este é um mercado bastante instável e volátil, e alguns analistas acreditam que a criptomoeda vai sofrer a maior queda da sua história nos próximos meses.

+ O bitcoin pode destruir um país?

Se atualmente é a moeda digital mais valiosa do mundo, o Bitcoin pode estar perto de passar por momentos dolorosos. E tal possibilidade pode estar dando os primeiros sinais, uma vez que a criptomoeda tem tido desvalorizações frequentes desde as últimas semanas.



Os especialistas, que trabalham nos fundos de investimento Oanda Corp., Evercore ISI e Tallbacken Capital Advisores LLC, temem que a desvalorização da moeda possa causar um abandono por parte dos investidores.

Segundo o que se estima, caso o Bitcoin atinja os 30.000 dólares, poderá haver essa perda de interesse na moeda. Caso isso se verifique, a criptomoeda pode cair até aos 20 mil dólares ou até menos.

Segundo as informações, uma das maiores preocupações dos investidores neste momento são as possíveis regulamentações das criptomoedas que podem ser futuramente aprovadas nos EUA. Neste sentido, a ideia de que as moedas digitais são um mercado livre pode ser posta em a prova por esta intenção de vários governos.

Paralelamente a isso, o interesse nos Bitcons poderá ser condicionado pela crescente quantidade de locais que já baniram as criptomoedas. E, além disso, também as recentes declarações de Elon Musk podem ter impacto neste mercado. O CEO da Tesla afirmou que a marca voltará a aceitar Bitcoins como forma de pagamento, quando este mercado realizar práticas de mineração com energia 50% limpa.

Por outro lado, existem também analistas mais otimistas e esperançosos no crescente crescimento desta moeda digital. Em El Salvador, por exemplo, há já mesmo planos para usar os vulcões na mineração legal e sustentável de Bitcoins.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago