Geral

Bitcoin ultrapassa US$ 13 mil e consolida valorização de 230%

Este é o maior nível do bitcoin desde 20 de janeiro de 2018, quando alcançou US$ 13.031,04. Facebook e guerra comercial impulsionam moeda, dizem analistas

Bitcoin ultrapassa US$ 13 mil e consolida valorização de 230%

O bitcoin ultrapassou a marca de US$ 13 mil nesta quarta-feira (26), a maior cotação em 17 meses, e manteve o viés de alta das últimas semanas. A criptomoeda chegou a US$ 13.593 no começo desta tarde e era avaliada em US$ 13.385,26 às 14h30min, com valorização de 18,19%, segundo a CoinDesk, que soma a cotação de bolsas digitais ao redor do mundo.

Este é o maior nível da moeda digital desde 20 de janeiro de 2018, quando alcançou US$ 13.031,04. O bitcoin já acumula alta de 230% desde o início do ano, e há semanas consecutivas atinge marcas históricas de valorização dos últimos 12 meses.

Para analistas do mercado financeiro, a alta está atrelada a divulgação da Libra, a criptomoeda capitaneada pelo Facebook, na última terça-feira (17). A rede social anunciou os primeiros detalhes do projeto que deve ser lançado oficialmente no próximo ano, com apoio de gigantes do setor, como Uber, Visa, e Spotfy. Segundo a rede social, a Libra poderá ser usada em transições no Facebook, WhatsApp, Instagram, entre outros meios.

A disputa comercial entre os Estados Unidos e a China e mudanças na forma de recompensas aos mineradores da criptomoeda também são apontados como fatores para a recente valorização. A alta repete um movimento observado há quase dois anos, quando o bitcoin foi avaliado em aproximadamente US$ 20 mil, no fim de 2017. No ano seguinte, no entanto, a moeda despencou no mercado internacional, perdendo quase 70% do valor e chegando ao nível de US$ 3,5 mil.