Economia

Biden diz que payroll mostrou necesside de estímulos e promete ajuda a governos

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta sexta-feira, 8, que o “próximo pacote fiscal terá bilhões para vacinas e governos locais”, e que o payroll (dado de emprego norte-americano) com perdas de postos de trabalho em dezembro divulgado nesta sexta “mostra que precisamos prover ainda mais alívio urgentemente”.

Segundo Biden, os negócios comandados por minorias tiveram menos apoio até agora, e seriam alvos preferenciais de uma nova rodada de ajudas, assim como empresas pequenas teriam prioridade sobre companhias maiores. “Vamos perseguir fraudes para garantir que verbas cheguem a quem precisa”, afirmou.

As declarações foram feitas em uma apresentação da equipe econômica de Biden.

Segundo Biden, “há compreensão bipartidária de que é preciso aumentar salário mínimo” e a nomeação de Marty Walsh como secretário do Trabalho representa um sinal de que o tema será uma prioridade no governo.



O presidente eleito afirmou que conversou seriamente com Bernie Sanders para que ele assumisse a vaga. No entanto, ambos concordaram que seria melhor o senador se engajar na política de Vermont, Estado que ele representa no Senado, já que isso poderia colocar em risco o controle da Casa por parte do Partido Democrata.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel