Giro

Biden diz que EUA ‘nunca’ vai aceitar anexação da Crimeia pela Rússia

Biden diz que EUA ‘nunca’ vai aceitar anexação da Crimeia pela Rússia

(Arquivo) O presidente dos EUA, Joe Biden, quando era vice-presidente dos Estados Unidos em coletiva de imprensa em Kiev - POOL/AFP/Arquivos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta sexta-feira (26) que seu país “nunca” vai aceitar a anexação pela Rússia da península da Crimeia, que até sete anos atrás fazia parte da Ucrânia.

“Estados Unidos não reconhece e não vai reconhecer nunca a anexação realizada pela Rússia da península e estamos do lado da Ucrânia contra essa ações agressivas da Rússia”, afirmou Biden em um comunicado para relembrar a invasão.

A península localizada no Mar Negro era um território ucraniano até 2014, quando as tropas russas ocuparam a região que depois foi anexada à Rússia.

“Neste aniversário sombrio, reafirmamos uma simples verdade: a Crimeia é Ucrânia”, afirmou Biden.

Simultaneamente à ocupação da Crimeia, um grupo de rebeldes ucranianos próximos a Moscou atacaram o leste do país iniciando um conflito que se mantém até hoje e que na quarta-feira deixou dois mortos e dois feridos, segundo o governo de Kiev.

As últimas mortes ocorreram depois que Kiev acusou Moscou e os separatistas pró-Rússia de usar armamento pesado e de intensificar os ataques, violando um cessar-fogo estabelecido em julho do ano passado.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel