Giro

Biden chega ao Japão para lançar plano econômico regional em oposição a Pequim



(.)

Por Trevor Hunnicutt e Yoshifumi Takemoto

TÓQUIO (Reuters) – O presidente norte-americano, Joe Biden, chegou ao Japão neste domingo para lançar um plano econômico que prevê maior participação dos Estados Unidos no Indo-Pacífico e que está sendo criticado antes mesmo de ser anunciado porque oferecerá poucos benefícios para países da região.

Na segunda parte de sua primeira viagem à Ásia como presidente, Biden deve se reunir com líderes de Japão, Índia e Austrália, o “The Quad”,  outro pilar de sua estratégia de reação à influência cada vez maior da China.



Biden se reuniu com líderes empresariais japoneses, incluindo o presidente da Toyota Motor, na residência do embaixador em Tóquio, pouco depois de chegar, disse uma pessoa com conhecimento do assunto.

Na segunda-feira, ele deve ligar para o imperador japonês Naruhito antes de conversar com o primeiro-ministro do país, Fumio Kishida. Ele e Kishida devem discutir os planos do Japão para expandir as capacidades e alcance do seu Exército em resposta ao poder crescente da China.

(Por Trevor Hunnicutt Yoshifumi Takemoto; reportagem adicional de David Brunnstrom em Washington, Elaine Lies e Rocky Swift em Tóquio e Martin Pollard em Pequim)