Edição nº 1130 19.07 Ver ediçõs anteriores

Bike clandestina

Bike clandestina

Uma bicicleta que vira poltrona e mesa é a aposta para chamar atenção às altas cargas tributárias brasileiras que incidem no setor. Os impostos chegam a até 70%, tornando as bikes um produto caro e inacessível à maior parte da população. Intitulado “Bike Clandestina”, o projeto, uma parceria entre a Talent Marcel, revista Bycicling e a Cardoso Cycles, prevê que o consumidor possa escolher o formato de compra do objeto: ou móveis ou bicicletas. “A Talent Marcel me pediu para desenvolver um produto com o qual estou muito familiarizado, a bicicleta, mas que se transformasse em um móvel”, comenta Denis Cardoso, designer e proprietário da Cardoso Cycles. “Ao longo de 650 horas entre a criação e produção do protótipo, cheguei ao modelo da bicicleta que, ao ser desmontada, se transforma em poltrona e mesa”, diz Cardoso.

(Nota publicada na Edição 1120 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Bem-estar contra o turnover

Healthtech pioneira no País, a Vidalink tem crescido acima de 45% ao ano desde 2015 com uma proposta inédita na saúde corporativa: [...]

Startup milionária

A brasileira Pipefy, principal plataforma de gestão baseada na metodologia Lean, recebeu aporte de US$ 45 milhões (R$ 170 milhões) em [...]

Quarto vazio? Desconto na diária

Ocupação plena é um desafio para qualquer hotel. Ainda mais depois da concorrência com o Airbnb. “Em torno de 45% das acomodações ficam [...]

Investigação em alta

A receita da divisão de global forensics da BDO subiu 35% no primeiro semestre. A empresa é uma das Big 5 de auditoria do mundo e ajuda organizações a reduzir riscos da fraudes. Para isso, investiga e rastreia aparelhos e vestígios digitais para que corporações. Frente à demanda do serviço, o contingente de profissionais da […]

Fusões não esperam pelas reformas

Apesar de o País ter ficado em compasso de espera na expectativa da aprovação das reformas da Previdência e tributária, o escritório de advocacia Demarest registrou um semestre movimentado na área de fusões e aquisições. Com 16 operações, a banca subiu da nona para a terceira posição no ranking de transações da América Latina, compilado […]

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.