Negócios

Beyond Meat fecha o dia de seu IPO com valorização de 163%

A Beyond Meat arrecadou US$ 240 milhões com o seu IPO, que serão gastos para aumentar as vendas da marca e os produtos oferecidos

Beyond Meat fecha o dia de seu IPO com valorização de 163%

A empresa que produz carne 100% vegana, Beyond Meat, realizou sua oferta pública de ações (IPO) hoje (2), e se existia alguma dúvida sobre o potencial deste nicho de mercado, as dúvidas começaram a ser dissipadas ao final do pregão. As ações partiram de US$ 25 – maior do que a faixa estimada durante o road show da empresa, que estava ente US$ 19 e US$ 21 – porém logo no início da tarde os papéis atingiram a marca de US$ 46. A trajetória da alta se manteve, e a BYND fechou com seus papéis em alta de 163%, negociados a US$ 65,75.

Inicialmente a Beyond Meat planejava oferecer 8,8 milhões de ações, mas as boas projeções fizeram com que o número aumentasse para 9,6 milhões. Com o aumento do preço por papel e o número de ações, a empresa arrecadou US$ 240 milhões no IPO, que serão gastos para aumentar as vendas da marca e os produtos oferecidos, aumentando seu valuation para cerca de US$ 1,5 bilhão.

No ano dos IPO’s, a Beyond Meat parece indicar que negócios ligados a tendência de foodtech – que usam da tecnologia para a criação de novos alimentos, muitas vezes voltado ao público vegano – chegou para ficar. Atualmente os produtos da empresa estão em 35 mil estabelecimentos nos Estados Unidos, como as redes de mercado Whole Foods e Target, além dos fast foods Carl’s Jr., Del Taco e TGI Fridays.