Negócios

Best Buy é processada por assédio sexual

Crédito: Divulgação

Best Buy: problemas vêm de muito tempo (Crédito: Divulgação)

A multinacional Best Buy, focada em produtos eletrônicos, está sendo processada por assédio sexual. A denúncia foi feita pela ex-funcionária Sarah Tremblay, que trabalhava em duas lojas em Long Island, em Nova York, nos Estados Unidos.

Segundo reportagem do The Huffington Post, Sarah atendia os clientes que visitam o Geek Squad, espaço para reclamações sobre o funcionamento de notebooks e celulares. Ela explicou que era esperado que os clientes estivessem de mau-humor, mas que isso chegava ao assédio sexual e perseguição.

+ Best Buy suspende por um mês anúncios no Facebook

Na ação, Tremblay diz que foi repetidamente assediada por clientes do sexo masculino, que a apalparam, beijaram e até a perseguiram. Um colega também fez comentários obscenos. De acordo com a denúncia, Tremblay reclamou repetidamente para o gerente da loja, mas ele não fez nada sobre as suas reclamações.



O processo mostra também que ela relatou o assédio à área de recursos humanos na sede da Best Buy, em South Richfield, Minnesota. Eles sugeriram que ela arquivasse um relatório policial e até tirasse uma licença. No entanto, logo depois disso, Tremblay foi demitida em 2018.

A Best Buy não respondeu ao pedido de comentário do HuffPost. Esta não é a primeira vez que ex-membros do Geek Squad se queixam de maus-tratos. A empresa foi processada por uma ex-funcionária por discriminação racial e sexual na cidade de Nova York em 2016.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago