Meio ambiente

Bermudas se prepara para chegada do furacão Humberto, de categoria 3

Bermudas se prepara para chegada do furacão Humberto, de categoria 3

Imagem de satélite da NOAA/RAMMB muestra a tormenta tropical Humberto, em 18 de setembro de 2019 - NOAA/RAMMB/AFP

Os residentes do pequeno arquipélago britânico das Bermudas protegeram suas casas e fecharam as janelas nesta quarta-feira antes da chegada do furacão Humberto, de categoria 3, que registra ventos fortes e chuva abundante.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, com sede em Miami, situou o centro da tempestade cerca de 120 km ao norte das Bermudas às 00H00 GMT (21H00 em Brasília), com ventos máximos sustentados de 195 quilômetros por hora.

Esperava-se que o olho da grande tempestade passasse pelo noroeste das Bermudas na quarta-feira ou no início da manhã, com chuvas de até 15 centímetros e a possibilidade de fortes ondas

“O furacão Humberto é uma ameaça”, disse o Serviço Meteorológico das Bermudas em seu último aviso à população, embora as autoridades tenham dito não esperar pelo pior.

Segundo o último relatório do NHC, em algumas partes do arquipélago já havia chovido mais de sete centímetros. Os moradores protegeram suas casas e tamparam suas janelas, esperando o furacão. Por outro lado, lojas e escritórios encerraram suas atividades mais cedo.

O governo aconselhou os cidadãos a não saírem às ruas após as 17h00 e abriu um abrigo de emergência na Academia Cedarbridge, a maior escola de ensino médio das Bermudas.

A temporada de furacões no Atlântico, que dura até 30 de novembro, ficou mais forte nas últimas semanas. O furacão Dorian arrasou as Bahamas, onde deixou pelo menos 52 mortos e mais de mil desaparecidos.

A tempestade tropical Jerry deve se tornar um furacão na quinta-feira, embora até agora nenhuma zona costeira esteja ameaçada.