Negócios

Berkshire Hathaway tem prejuízo trimestral de US$ 43,8 bi

Crédito: REUTERS/Scott Morgan

O bilionário Warren Buffett, que comanda a Berkshire Hathaway (Crédito: REUTERS/Scott Morgan )



Por Jonathan Stempel

(Reuters) – A queda nos preços das ações norte-americanas afetou o resultado da Berkshire Hathaway no segundo trimestre, com a empresa comandada pelo bilionário Warren Buffett registrando um prejuízo de 43,8 bilhões de dólares.

A Berkshire, no entanto, registrou resultado operacional positivo de 9,3 bilhões de dólares, com o desempenho em resseguro e da ferrovia BNSF compensando uma perda na seguradora de automóveis Geico, onde a escassez de peças de automóveis e os preços mais altos dos veículos elevaram perdas por acidentes.

Fundador da Ricardo Eletro vira ‘coach’ após deixar negócio à beira da falência




iPhone 14: imagem vaza e mostra mudança de visual na tela

O aumento das taxas de juros e o pagamento de dividendos ajudaram as unidades de seguros da Berkshire a gerar mais dinheiro com os investimentos, enquanto o fortalecimento do dólar norte-americano impulsionou o lucro dos investimentos em dívida da empresa na Europa e no Japão.

A Berkshire também desacelerou compras de ações, embora tenha encerrado junho com 105,4 bilhões em caixa e equivalentes que ainda poderia usar.


“Isso mostra a natureza inconstante dos mercados”, disse Tom Russo, sócio da Gardner, Russo & Quinn em Lancaster, Pensilvânia, que investe mais de 8 bilhões de dólares, dos quais 17% na Berkshire. “Está tudo normal na Berkshire Hathaway.”

Investidores observam de perto a Berkshire por causa da reputação de Buffett e porque os resultados das dezenas de unidades operacionais do conglomerado de Omaha, Nebraska, muitas vezes refletem tendências econômicas mais amplas.

A Berkshire é dona de dezenas de negócios, incluindo empresas com rendimentos estáveis, como a empresa de energia homônima, várias seguradoras e indústrias, bem como marcas de consumo conhecidas, como Dairy Queen e Duracell

Em seu relatório trimestral, a Berkshire disse que “perturbações significativas nas cadeias de suprimentos e custos mais altos persistiram” à medida que surgem novas variantes do Covid-19 e por causa de conflitos geopolíticos, incluindo a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Mas a empresa disse que as perdas diretas para a empresa não foram relevantes, apesar do impacto dos custos mais altos de matérias-primas, frete e mão de obra.

O resultado líquido da Berkshire sofreu com uma perdas de 53 bilhões de dólares da área de investimentos e derivativos.

As ações de três grandes empresas que a Berkshire tem participação – Apple, Bank of America e American Express – caíram mais de 21% cada, em comparação com um declínio de 16% no índice de ações de referência S&P 500.

As regras contábeis exigem que a Berkshire relate as perdas com seus resultados, mesmo que não compre e venda nada.

Buffett pede aos investidores que ignorem as flutuações, e a Berkshire ganhará dinheiro se as ações subirem com o tempo.

Em 2020, por exemplo, a Berkshire registrou um prejuízo de quase 50 bilhões no primeiro trimestre com a pandemia, mas apurou um resultado positivo de 42,5 bilhões de dólares no ano inteiro.

O prejuízo líquido trimestral foi equivalente a 29.754 dólar por ação Classe A, comparado a um lucro líquido de 28,1 bilhões de dólares, ou 18.488 dólares por ação Classe A, um ano antes.

O lucro operacional somou 9,28 bilhões de dólares, ou cerca de 6.326 dólares por ação Classe A, alta de 39% em relação aos 6,69 bilhões de dólares, ou 4.424 dólares por ação Classe A, um ano antes. Os ganhos cambiais sobre a dívida externa totalizaram 1,06 bilhão de dólares.

A Berkshire recomprou apenas 1 bilhão de dólares em suas próprias ações, abaixo dos 3,2 bilhões de dólares no primeiro trimestre, e em comparação com 51,7 bilhões de dólares em 2020 e 2021.

Os 6,15 bilhões de dólares em compras de ações também foram menores do que os 51,1 bilhões de dólares no primeiro trimestre, quando assumiu grandes participações nas petrolíferas Chevron e Occidental Petroleum.

A Berkshire espera concluir sua aquisição de 11,6 bilhões de dólares da seguradora Alleghany no quarto trimestre.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI75082-BASEIMAGE






Tópicos

alta nos juros afetam resultado Berkshire Hathaway alta nos juros favoreceu unidades de seguros da Berkshire Hathaway balanços corporativos Berkshire hathaway a Berkshire Hathaway alta nos juros Berkshire Hathaway B Berkshire Hathaway conglomerado companhias Berkshire Hathaway conglomerado empresas Warren Buffet Berkshire Hathaway cotação Berkshire Hathaway desacelera compra ações Berkshire Hathaway empresa de Warren Buffett Berkshire Hathaway empresa Warren Buffett Berkshire Hathaway empresas subsidiárias Berkshire Hathaway fortalecimento do dólar Berkshire Hathaway pagamento dividendos Berkshire Hathaway portfolio Berkshire Hathaway portfolio 2022 Berkshire Hathaway prejuízo Berkshire Hathaway prejuízo segundo trimestre Berkshire Hathaway prejuízo US$ 43 bilhões Berkshire Hathaway prejuízo US$ 43 bilhões segundo trimestre Berkshire Hathaway resultado operacional Berkshire Hathaway resultado operacional de US$ 9 bilhões Berkshire Hathaway resultado operacional positivo Berkshire Hathaway resultados Berkshire Hathaway resultados segundo trimestre Berkshire Hathaway unidades de seguro conglomerado de empresas Berkshire Hathaway desempenho ferrovia BNSF ajudou Berkshire Hathaway desempenho resseguro ajudou Berkshire Hathaway dólar impulsionou lucro investimentos em dívida da Berkshire Europa e Japão Geico empresa da Berkshire Hathaway Geico perdas no segundo trimestre Geico seguradora automóveis perdas seguradora automóveis Geico prejuízo da Berkshire Hathaway US$ 43 bilhões resultados de empresas seguradora Geico perdas unidades de seguro geraram mais dinheiro com taxas de juros elevadas Warren Buffett Berkshire Hathaway