Economia

BCE diz que Estados europeus que não cumprem reforma podem ser multados

A União Europeia deve considerar a cobrança de grandes multas aos governos europeus que não adotarem suas propostas de reforma econômica, disse o Banco Central Europeu (BCE).

O conselho do banco, em relatório publicado nesta segunda-feira, ressalta a crescente frustração do BCE quanto ao ritmo lento da reforma econômica na zona do euro, que corre o risco de prejudicar o crescimento e a estabilidade a longo prazo do bloco.

Durante a recente crise na região, os governos da UE lançaram um novo sistema de monitoramento de risco, projetado para evitar desenvolvimentos econômicos preocupantes, como altos déficits de conta corrente, níveis de dívida insustentáveis e bolhas em preços domésticos.

Os governos podem ser multados em até 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) se eles, repetidamente, não abordarem as falhas econômicas sinalizadas pelas autoridades da UE. Na prática, porém, o bloco, até agora, não conseguiu emitir tais sanções. Mas o BCE sugeriu que isso deve mudar. “Parece haver um argumento forte para aplicar o braço corretivo deste procedimento para todos os países com desequilíbrios excessivos”, disse o banco central. Fonte: Dow Jones Newswires.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

BCE reforma UE