Economia

BCE adia revisão de estratégia de política monetária para 2021


O conselho do Banco Central Europeu (BCE) informou há pouco alguns adiamentos em sua programação prevista para este ano por causa da pandemia de coronavírus. A instituição decidiu, por exemplo, estender o prazo para a revisão de sua estratégia de política monetária, inicialmente marcada para o final de 2020, para meados de 2021.

“Na situação atual, os órgãos de decisão e as equipes do BCE e os bancos centrais nacionais do Eurosistema estão concentrando todos os seus esforços no enfrentamento dos desafios colocados pela pandemia de coronavírus”, justificou a instituição.

Por causa das medidas de saúde em vigor em toda a União Europeia, incluindo bloqueios de espaços públicos e proibições de reuniões em vários países da zona do euro, os eventos públicos do BCE e dos bancos centrais nacionais do Eurosistema que estavam planejados para o primeiro semestre deverão ocorrer apenas na segunda metade de 2020. O Fórum anual do BCE sobre Bancos Centrais em Sintra, por exemplo, foi adiado para o período de 10 a 12 de novembro.

“O BCE continua a convidar os cidadãos da zona do euro a enviarem suas propostas e comentários por escrito sobre a estratégia de política monetária do BCE, em seu idioma da zona do euro”, trouxe o comunicado da instituição. O prazo para os envios foi adiado para o final de agosto.