Economia

BC: Venda à vista de dólar em março somou US$ 10,674 bilhões

O Banco Central informou que a venda à vista de dólares ao mercado financeiro no mês de março somou US$ 10,674 bilhões. Durante o período, o BC intensificou as atuações no mercado de câmbio para manter a disponibilidade de recursos, em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Quando promove um leilão, o BC liquida efetivamente a venda em D+2 – ou seja, dois dias após a operação. O total de US$ 10,674 bilhões de março leva em conta todas as operações liquidadas ao longo do mês.

Em janeiro e fevereiro, o BC não havia realizado operações do tipo. Durante todo o ano de 2019, foram vendidos US$ 36,861 bilhões em moeda à vista.

Leilões de linha

Para atender à demanda por moeda em março, o BC também vendeu um total de US$ 7,650 bilhões por meio de leilões de linha (venda de dólares com compromisso de recompra no futuro).

Base monetária

O saldo da base monetária atingiu R$ 307,560 bilhões em março, pelo conceito de fim de período, informou o BC. Em fevereiro, a base monetária estava em R$ 303,197 bilhões. A base monetária é a soma do total de papel moeda emitido com as reservas bancárias registradas pelas instituições financeiras.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?