Economia

BC tem ganho de R$ 8,029 bi com swap cambial em dezembro

Após o ganho de R$ 25,271 bilhões com as operações de swap cambial em novembro, o Banco Central registrou lucro de R$ 8,029 bilhões em dezembro com sua posição pelo critério caixa.

Pelo conceito de competência, houve lucro de R$ 9,891 bilhões. O resultado pelo critério de competência inclui ganhos e perdas ocorridos no mês, independentemente da data de liquidação financeira. A liquidação financeira desse resultado (caixa) ocorre no dia seguinte, em D+1.

O BC obteve ainda uma perda de R$ 31,940 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no mês passado. Entram nesse cálculo ganhos e prejuízos com a correção cambial, a marcação a mercado e os juros.

Já o resultado líquido das reservas, que é a rentabilidade menos o custo de captação, ficou negativo em R$ 41,550 bilhões em dezembro. O resultado das operações cambiais no período ficou negativo em R$ 31,659 bilhões.

No acumulado de 2020, o prejuízo com swaps somou R$ 40,801 bilhões pelo resultado caixa e R$ 40,986 bilhões pelo competência. Já a rentabilidade das reservas internacionais ficou positiva em R$ 527,218 bilhões, com resultado líquido positivo de R$ 448,628 bilhões e operações cambiais também negativas de R$ 407,642 bilhões.

O BC sempre destaca que, tanto em relação às operações de swap cambial quanto à administração das reservas internacionais, não visa ao lucro, mas fornecer hedge ao mercado em tempos de volatilidade e manter um colchão de liquidez para momentos de crise.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel